Da ordem do livro a ordem da internet

O sonho do Mundaneum, de uma biblioteca universal, foi realizado pela Web. Mas ao mesmo tempo, mostrou a inviabilidade de se utilizar na Internet, os métodos criados pelas práticas de processamento da informação usadas até aqui, isto é, os métodos e práticas da Ordem do Livro.
A Ordem da Internet, ao integrar todas as formas de informação (textos, imagens, sons, etc.) sob formato digital e em redes de escala planetária, superou várias das restrições e divisões da Ordem do Livro e diluiu a importância exclusiva e absoluto privilégio dado ao texto.
A informação na Web é o evento gerado pelas relações que nela se estabelecem. É o resultado imponderável das propriedades gerativas destas relações e da emergência de uma, apenas uma entre as infinitas possibilidades que o sistema tem de gerar o novo. Na Ordem da Internet, o sistema favorece o surgimento das mais variadas e inusitadas relações e o que já foi gerado, o chamado ?conteúdo?, se transforma em commodity e perde valor.

Tipo de arquivo: 
Artigo
Evento / Disciplina / Periódico: 
VII ENANCIB
Ano: 
2006