Mídia colaborativa online: um novo jeito de fazer TV.

Pretendemos refletir sobre o papel das mídias independentes, que se tornou evidente durante as manifestações de junho de 2013, no Brasil, analisando o formato de jornalismo colaborativo, participativo, on-line e sem cortes, compartilhado via redes sociais pela Internet. Usaremos o exemplo dos coletivos de mídia alternativa e apontaremos as práticas de coletivos de mídia que atuaram nas manifestações no Rio de Janeiro até outubro daquele ano. Pretendemos discutir o surgimento, a origem, a prática e o papel fundamental que tais coletivos exerceram na divulgação dos fatos no momento em que ocorriam, revelando um real diferente do que era mostrado habitualmente.

Tipo de arquivo: 
Artigo
Evento / Disciplina / Periódico: 
Revista Vértices, v. 16, n.3, p.163-184
Ano: 
2014